Crédito vai cair pela primeira vez na série histórica, diz Banco Central

Banco Central estimava inicialmente aumento de 1% no crédito brasileiro neste ano Marcos Santos/USP Imagens

Com a retração da atividade econômica, o Banco Central, que antes estimava um aumento de 1% no mercado de crédito brasileiro para 2016, mudou sua projeção e prevê agora uma queda de 2% na comparação com 2015.

Será a primeira queda desde o início da série histórica, em 2007. No ano passado, o estoque de empréstimos na economia cresceu 6,7% na comparação com 2014.

A relação entre crédito e PIB (Produto Interno Bruto), que antes se esperava alcançar 52% neste ano, foi revisada para 51% do PIB —percentual bem menor do que do ano passado, quando atingiu 54,5%.

A nova projeção do BC é que o crédito livre (aquele que não impõe nenhuma restrição para empréstimos) cairá 5% em 2016 (a previsão anterior era de cair 1%). Já o crédito direcionado, que antes se previa subir 3%, vai aumentar somente 1%.

Os bancos públicos vão ver uma queda de 1% na sua carteira de crédito, segundo o BC —a projeção anterior era de 4% de alta.

Já a carteira de crédito dos bancos privados nacionais deve crescer 2% por causa da aquisição do HSBC pelo Bradesco. Se o negócio não tivesse ocorrido, haveria uma queda de 3%

Fonte: Folha de São Paulo

Leave a comment

Your email address will not be published.

*