Elemento em Movimento é uma ode à Ceilândia e ao Hip Hop do DF

foto Redes Sociais: https://www.facebook.com/events/1965265543705908/?active_tab=discussion

Quando se fala no nascimento do Hip-Hop no Brasil logo vem à mente um lugar: São Paulo. Não há completo erro nisso, mas é importante que antes de tudo ressaltemos que na mesma época que o movimento nascia em Sampa, o Hip-Hop também dava seus primeiros passos em uma cidade até então não muito conhecida, Ceilândia-DF.

Pegue o nome “Campanha de Erradicação de Invasões (Cei)” e some ao pomposo “Lândia” e já dá para ter uma ideia do começo. Um local sem estrutura alguma onde jogaram os nordestinos que deram seu sangue para construir a capital do país. Ceilândia já nasceu em estado de Resistência, portanto, não é de se espantar que o Hip-Hop achasse aqui um terreno fértil para aquela sua semente no final dos anos 80. E o resultado foi o nascimento de um movimento extremamente único e forte, que deu não só ao Rap Nacional, mas ao movimento como um todo nomes que já estão eternizados.

Mas, o tempo passou e nós ceilandenses começamos a ver o protagonismo nosso no movimento ser roubado por produtores com o compromisso unicamente com a grana. Um foda-se para o movimento. Assim os bailes sumiram da nossa quebra quase que em total tendo apenas alguns pontos, heroicos diga-se de passagem, de resistência.

Entretanto, de uns cinco anos para cá o cenário começou a mudar, graças à luta constante de nomes fortes que nunca abandonaram o movimento ceilandense, aos projetos sociais (principalmente o Jovem de Expressão), as batalhas e saraus (Batalha do Cantador e Sarau-VA) e diversos coletivos, o movimento voltou a ganhar força. E é inegável dizer que o principal ponto de sustento disso tudo é o Elemento em Movimento que completou 5 anos de batalha e cultura nesse fim de semana.

Elemento em Movimento é um festival de Cultura Urbana realizado pela Rede Urbana de Ações Socioculturais – RUAS com patrocínio do Instituto Social Caixa Seguros. Uma festa gigantesca feita para a quebrada com entrada franca e uma estrutura sem igual.

Na comemoração de seus 5 anos, a festa que ocorreu nos dias 12 e 13 de agosto, trouxe nomes como Síntese, Inquérito, Rincon Sapiência, GOG, Bella Dona, DetonautasMato Seco entre outros, sem falar nos artistas locais. Mas, Elemento em Movimento não é apenas mais que uma festa, tem antes de tudo um fator social, por isso foi promovido um campus na Casa do Cantador de formação livre com debates voltados à periferia, mídia, economia, formação e direitos humanos.

Os dois dias de festas tiveram o comparecimento em massa de pessoas de todas as cidades, onde puderam ver seus artistas preferidos, confraternizar com os amigos, se informar, comprar produtos produzidos na própria cidade e muitos mais. Tudo com estrutura, boa organização e segurança.

foto Redes Sociais: https://www.facebook.com/events/1965265543705908/?active_tab=discussion

foto Redes Sociais: https://www.facebook.com/events/1965265543705908/?active_tab=discussion

Quem mora no DF há um bom tempo deve lembrar que moradores da Ceilândia muitas vezes mentiam o lugar que moravam devido à discriminação. Vendo o Elemento em Movimento não é difícil entender por que hoje a juventude não apenas fazem questão de falar onde vivem, como também vestem camisas e bonés com Ceilândia estampada em meio a declarações de amor à cidade. Todo esse orgulho só existe graças ao trabalho do movimento Hip-Hop na cidade e ao trabalho de grupos como o RUAS, que promoveu o festival.

Elemento em Movimento 5 anos foi antes de tudo uma ode à Ceilândia e ao Movimento Hip-Hop de todo o DF.

Confira mais imagens e vídeos sobre o evento no link abaixo:

[link evento]

 

 

Fonte: JDR

Leave a comment

Your email address will not be published.

*