Casa do Cantador sedia celebração do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, celebrado em 29 de agosto, terá uma programação diferenciada na Casa do Cantador. Foto: Andre Borges/Agência Brasília-27.7.2016

Programação nesta terça (29) inclui show da rapper brasiliense Vera Veronika e declamação de poema, entre outras atrações. Secretaria de Cultura fará o pré-lançamento do 1º Prêmio FAC Cultura LGBTI

O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, celebrado em 29 de agosto, terá uma programação diferenciada na Casa do Cantador. O local, que atende como pontão de cultura, dará voz à comunidade LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexuais).

As atividades começam às 20 horas. Estão previstos mesas-redondas, declamação de poesia e show da rapper Vera Veronika, com participação especial do grupo Contém Dendê.

Serão discutidos a relevância de promover políticas públicas culturais voltadas para a comunidade LGBTI, a importância da data e o combate à LGBTfobia.

O evento foi pensado em parceria com a 13ª Ação da Visibilidade Lésbica, iniciativa que teve início em 22 de julho e segue até 19 de setembro, e será finalizado com uma oficina de cuidados e saúde para mulheres lésbicas.

Prêmio FAC Cultura LGBTI

Durante o evento, a secretaria anunciará o 1º Prêmio FAC Cultura LGBTI do Distrito Federal, que visa fortalecer, valorizar, proteger, promover, fomentar, difundir e preservar a memória da cultura LGBTI.

“É importante nos posicionarmos contra todos os tipos de opressão, e o prêmio é mais um passo nesse sentido”Guilherme Reis, secretário de cultura

A proposta é premiar personalidades, grupos ou organizações que trabalhem diretamente em prol da cultura LGBTI e do aumento da sua visibilidade e/ou contribuam com o enfrentamento à homofobia. A verba será do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).

Para o secretário de Cultura, Guilherme Reis, fazer o pré-lançamento no Dia Nacional da Visibilidade Lésbica é simbólico: “A data é um marco fundamental que trata da visibilidade como mote para a discussão de demandas históricas relacionadas aos direitos das mulheres lésbicas. É importante nos posicionarmos contra todos os tipos de opressão, e o prêmio é mais um passo nesse sentido”.

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

29 de agosto (terça-feira)

Às 20 horas

No pontão de cultura Casa do Cantador (Quadra 32, Área Especial G, Ceilândia Sul)

Programação

20 h — Mesa de Abertura

  • Kika Sena, performer e poeta – abrirá a atividade com uma poesia de seu livro recém-lançado: Periférica
  • Apresentação da minuta Cultura LGBTI e do Prêmio FAC Cultura LGBTI
  • A importância do Dia da Visibilidade Lésbica — Coturno de Vênus, coletivo lésbico-feminista
  • A relevância de promover políticas públicas culturais voltadas para a comunidade LGBTI — Luana Ferreira, produtora cultural

A partir das 20 horas — Feira Criativa de Empreendedoras/es LGBTI

  • Arte em Papel
  • Beeshona
  • Casa Ipê
  • Instituto Cultura Arte Memória LGBT
  • Projeto Caçamba

21 h — Show de Vera Veronika, com participação especial do grupo Contém Dendê

Leave a comment

Your email address will not be published.

*